3 de julho de 2016

Eu odeio o vestibular

Texto com fins de desabafo.

Eu sei que eu não sou a única, aliás, eu tenho certeza. Converso com meus amigos que fazem curso pré-vestibular e o sentimento é unânime. Os estudantes odeiam o vestibular. Quem inventou essas provas, quem ganha com isso?

Sim, todo mundo sabe que existe faculdade particular. Mas o principal problema é não ter dinheiro pra pagar uma faculdade particular boa e consequentemente cara e também não querer se dedicar uma média de cinco anos num curso superior para depois o famigerado mercado de trabalho não aceitar seu currículo por ter cursado uma faculdade sem "nome". Aliás, como isso me irrita: não é levado em conta o esforço da pessoa, nem sua dedicação, nem sua habilidade pra área que escolheu. O que importa é se a instituição tem nome ou não. E as que tem nome são as que tem mensalidades altíssimas, engraçado, não?

A pior parte é essa que descrevo agora: as faculdades públicas, que são as que deveriam acolher esses estudantes que não possuem condições de pagar mensalidades tão caras, estão lotadas de alunos de alta renda. E aí aparece essa prova que eu odeio tanto: o vestibular, com notas de corte altíssimas, competindo com alunos que estudaram a vida toda nas melhores escolas particulares e ao concluir o ensino médio fizeram um ano de cursinho integral. 

As chances de passar são tão pequenas, a vontade de estudar se esvai a cada semana. Conciliar trabalho e cursinho é um absurdo de difícil e os sentimentos mais constantes são o de estar jogando dinheiro fora e o de "eu não vou passar".

E aí aparecem algumas pessoas que são de origem humilde, mas com muito esforço conseguiram passar na faculdade, e o que acontece? O discurso meritocrático se fortalece. Do tipo: "tá vendo, é só se esforçar que consegue". O erro aqui é querer usar a exceção como regra.


Matéria da Uol, que nos apresenta o perfil dos aprovados no ano passado. "Segundo o balanço, a maioria dos matriculados é homem (57,7%), fez cursinho pré-vestibular (57,9%) e tem renda familiar igual ou maior que 5 salários mínimos (64,4%). A maior parcela dos matriculados não trabalha (78,1%) e pretende ter ajuda dos recursos dos pais para manter os estudos universitários (64,6%)."

Ainda escutei esses dias que manter o nível alto é bom porque seleciona quem realmente tem vontade de fazer o curso. Seguindo essa lógica, só gente branca e de alta renda tem vontade de fazer a faculdade pública.

Eu sei que esse texto aqui não vai mudar muita coisa, mas queria apenas deixar registrado a minha percepção do quão falho é esse sistema. Selecionando o aluno por algo tão impalpável, e algumas vezes até sem lógica, por exemplo: tendo que decorar todas as fórmulas difíceis de física (e muitas vezes esquecendo o conceito) sendo que no curso que quero fazer essa matéria passa longe da grade curricular. 

Estudar 14h e dormir 2h por dia como alguns aprovados de medicina fazem, não é normal. Não é mérito por esforço. É transformar um jovem estudante num robô, numa pessoa frustrada, quando a única coisa que a gente quer é cursar o ensino superior e poder, de alguma forma, mostrar nosso potencial. Mas o caminho até entrar na faculdade já é um choque de realidade tão forte que traz um sentimento profundo de "que potencial?" 

Eu odeio o vestibular.



Leia mais em: 



4 comentários:

  1. Oi! Concordo plenamente com você, nós alunos estamos perdendo cada vez mais a nossa motivação. Após finalmente escolher a profissão futura, o que na minha opinião já é bem difícil, precisamos passar pelas etapas mais difíceis e na maioria das vezes mais frustrantes da nossa vida. Eu por exemplo se não tenho grana nem pra bancar um cursinho pensa faculdade!
    Mas apesar de tudo, devemos continuar pensando positivo e entendendo que tudo passa, coisas boas e ruins. Sem esquecer do que queremos e do que somos de verdade.
    Beijoos ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa! Se eu parar de trabalhar também não vou ter dinheiro nem pra um nem pra outro hahaha mas você tá certa! É que em alguns dias, hoje, por exemplo, é difícil manter o otimismo :( mas obrigada pelo apoio e pelo comentário ☺♥

      Excluir
  2. Só tenho a dizer: concordo mais do que totalmente com você. Conseguiu expressar exatamente o que eu penso em relação ao vestibular ! Esse sistema é tão falho e absurdo que realmente desmotiva as pessoas. Enfim, parabéns pelo texto e espero que você não tenha/tenha tido problemas com isso. Xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez a função seja essa: desmotivar. Obrigada!!! No final, consegui a aprovação na faculdade que eu tanto quis. Não desista, Camila <3

      Excluir