24 de março de 2016

Conheça uma mulher: Marie Curie

Marie Curie
Reprodução: http://science-all.com/

Eu já tinha lido algumas vezes sobre a Marie Curie, então , conhecia mais ou menos a sua história. Mas no ano passado, aprofundei muito mais meu conhecimento sobre ela, por que, na escola, em um projeto de química, física e português, nossa tarefa era produzir uma fotonovela em algum tema que seria sorteado. O tema do meu grupo foi Marie Curie.


Na fotonovela,a gente decidiu interpretar os personagens, e eu "era" a Marie Curie. Ficou engraçado, mas acho que não posso postar aqui hehehe

Marie Sklodowski nasceu no dia 7 de novembro de 1867, na cidade de Varsóvia, Polônia. Seu pai, Wladyslaw Sklodowski era professor de matemática e física e teve papel fundamental no seu interesse pela ciência, por que ele, além de incentivá-la, também deu aulas para a filha durante grande parte da sua infância.

Marie terminou os estudos aos 15 anos, mas não podia cursar ensino superior no seu país de origem por ser mulher. Então ela trabalha como governanta até juntar dinheiro suficiente para se mudar para França, o que ela faz em 1891. Em 1893, conclui sua graduação em física.

Depois de formada, Marie começa a trabalhar no laboratório industrial do Professor Gabriel Lippman. Lá, conhece Pierre Curie, com se casa um ano depois, adotando o nome de Marie Curie.

Em 1898, Marie inicia, com a ajuda de Pierre, os estudos sobre a radiação emitida pelos sais de Urânio. As pesquisas realizadas levaram à descoberta de dois novos elementos químicos: o polônio, que ganhou este nome em homenagem ao país natal de Marie, e o rádio. A pesquisa do casal abriu um novo caminho a ser explorado na pesquisa científica e médica, levando muitos cientistas da época a estudar o assunto.



Por essas descobertas, em 1903, Marie e Pierre ganharam o prêmio Nobel de física. Marie Curie foi a primeira mulher a ganhar um prêmio Nobel na história.

Em 19 de abril de 1906, Pierre é atropelado por uma carroça e acaba falecendo. Marie assume seu lugar na faculdade de ciências como professora de física geral. 


Pierre Curie
Reprodução: Wikipedia
Por tanta exposição com elementos radioativos, Marie Curie adoece de leucemia, e no dia 9 de julho de 1934 falece devido à doença. No ano seguinte, sua filha Irène Joliot-Curie, 
recebe o Prêmio Nobel de química que Marie recebeu postumamente.

Marie Curie foi de extrema importância para todo o desenvolvimento da radiografia. Além disso, era uma pessoa apaixonada pelo conhecimento e não o queria só pra si. Prova disso foi o fato de ela não patentear o processo de isolamento do rádio, permitindo a investigação das propriedades deste elemento por toda a comunidade científica.



“Nada na vida deve ser temido, somente compreendido. Agora é hora de compreender mais para temer menos.” Marie Curie

Reprodução: http://thebestyoumagazine.co/
Para ver outros posts da série Conheça uma mulher, é só clicar no marcador #conheçaumamulher no fim desse post ou lá no fim da página.  

Referências para o post: http://www.explicatorium.com/biografias/marie-curie.html
http://www.infoescola.com/biografias/marie-curie/
(Fotonovela: Agnes Koto, Alecsander Silva, Carolina Boldrini, Caio Dornelas, Danielle Ferreira e eu ☺)

Nenhum comentário:

Postar um comentário