18 de junho de 2015

Marquinhas

Esses dias, me mandaram essa foto aqui:

e falaram "lembrei de você quando vi". Porque além de eu ser feminista, ainda está escrito "diário" e eu escrevo. (que informação óbvia)

Todas as vezes que alguém diz que lembrou de mim por qualquer motivo, viu uma foto, escutou alguma música que eu gosto, viu uma comida que eu não gosto, (porque é mais fácil achar o que eu não gosto de comer do que algo que eu goste), qualquer motivo - Eu me sinto muito feliz. Importante, sabe?

Quando alguém se lembra de você, é por que você deixou alguma marquinha nessa pessoa.
Mesmo que essa "marquinha" seja algo que faça ela rir, algo que faça ela sentir saudade ou até mesmo algo que faça ela chorar. O fato é que: independente do tempo e forma de convívio com essa pessoa, você não passou "em branco". Você fez um pouquinho de história, pelo menos pra alguém.

Por exemplo, tenho uma amiga que é apaixonada por cavalos. Toda vez que vejo um cavalo, penso nela. 

Acho que essa característica nos torna mais humanos. Tudo bem que não guardamos lembranças só de pessoas, mas a maioria delas, é. Ao lembrar de cada pessoa por um motivo diferente percebemos como cada pessoa é única. Como cada pessoa te deixou uma marquinha de um jeito diferente.

Então, da próxima vez que alguém disser "Lembrei de você", pense nisso. Pense que você não passou "reto" por essa pessoa, você passou e deixou um pouquinho de você com ela. Talvez um dia ela esqueça seu sobrenome ou quem sabe esqueça seu aniversário, mas ela ainda vai lembrar de algo que só você gostava ou só você fazia. 

Mas, se é pra deixar marquinhas, de preferência: vamos deixar marquinhas boas. 

Vamos tentar receber algo de bom dos outros. Mas principalmente, deixar algo que nós temos de bom, com alguém. 

Ane Cristina

Contem pra mim (aqui ou no face) se vocês pensaram em algo que lembra alguém, ou algo de você que os outros podem lembrar! <3




Nenhum comentário:

Postar um comentário